Sábado, 28 de Março de 2009

Jogos



Tema: A Pintura Renascentista



"O Retrato Arnolfini", Jan van Eyck

Destinatários: Alunos do 8.º ano de escolaridade

 

FICHA DE TRABALHO "A Peste Negra"


Tipo: Ficheiros
word e pdf


1,46 Mb 482 Kb


Tema: A Peste Negra


Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade

 

Jogo das Coisas



Tema: Navegadores Portugueses

Destinatários: Alunos do 8.º ano de escolaridade

 

 

FICHA DE TRABALHO - "Texto encriptado: O Humanismo Renascentista"

 (1.ª parte)

 

FICHA DE TRABALHO - "Texto encriptado: O Humanismo Renascentista" (2.ª parte)



Tipo: Ficheiros
word e pdf

45,5 Kb 50,7 Kb


Tema: O Renascimento

Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade



Tipo: Ficheiros
word e pdf

53,5 Kb 53 Kb


Tema: O Renascimento

Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade

 

FICHA DE TRABALHO - "Labirinto: Pintores Renascentistas"
 


Disciplina - HISTÓRIA

Tipo: Ficheiros
word e pdf

3,66 Mb
141 Kb


Tema: A Arte Renascentista

Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade

 

FICHA DE TRABALHO - "Texto encriptado: A Restauração da Independência em 1640" (1.ª parte)
 


Disciplina - HISTÓRIA

Tipo: Ficheiros
word e pdf

67 Kb
57,2 Kb


Tema: A Restauração da Independência em 1640

Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade

 

FICHA DE TRABALHO - "Texto encriptado: A Restauração da Independência em 1640" (2.ª parte)
 


Disciplina - HISTÓRIA

Tipo: Ficheiros
word e pdf

55,5 Kb
53,6 Kb


Tema: A Restauração da Independência em 1640

Destinatários: Alunos dos 8.º ano de escolaridade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 14:37
link do post | comentar | favorito
|

Filme: Novo Mundo.

 

 
Aventura sobre o encontro entre nativos americanos e os europeus que partiram à conquista do novo mundo, é também a história arrebatadora da índia Pocahontas, do aventureiro John Smith e do aristocrata John Rolfe. No início do século XVII, três pequenos navios ingleses partem à conquista do novo mundo, na esperança de encontrarem lendários tesouros e ouro. Ao desembarcar em James River, na Virgínia, estabelecem a colónia de Jamestown. Mas a maioria dos 103 colonos do grupo original eram aristocratas mal preparados e consequentemente as condições de vida na colónia degradam-se rapidamente. O Capitão John Smith é então encarregado de liderar uma expedição ao longo do rio Chickahominy. Durante a expedição, os nativos da tribo Powhatan matam todo o grupo à excepção de Smith, que é levado para a aldeia. Aí conhece a filha do chefe da tribo Powhatan, Pocahontas. Ela é um espírito livre e entre os dois nasce uma relação que se tornará numa das mais famosas lendas americanas.
 

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:44
link do post | comentar | favorito
|

Constituição de 1822

A Constituição de 1822

 

 
Lei fundamental votada pelas Cortes Constituintes reunidas, em Lisboa em 1821, sob o influxo da chamada revolução de 1820. O texto é de 23 de Setembro de 1822, e foi jurado pelo rei, D. João VI, em 1 de Outubro seguinte.
A Constituição de 1822 é o mais antigo texto constitucional português e, tecnicamente, um dos mais bem elaborados. Se bem que não tenha dado origem propriamente, a uma prática constitucional exerceu uma influência profunda nas instituições e no direito político, iniciando em Portugal "a organização jurídica da democracia".Para mais informação vê: http://www.arqnet.pt/portal/portugal/liberalismo/const822.html
 
 
Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:40
link do post | comentar | favorito
|

O Liberalismo

O Liberalismo

 

 
O liberalismo é uma corrente política que abrange diversas ideologias históricas e presentes, que proclama como devendo ser o único objectivo do governo a preservação da liberdade individual. A palavra "liberal" deriva do Latino "liber" ("livre") e os liberais, de todas as correntes, tendem a ver-se a si mesmos como os amigos da liberdade, particularmente liberdade relativamente às amarras da tradição. As origens do liberalismo na era do Iluminismo colocam esta filosofia em contraste com o feudalismo e o mercantilismo. Posteriormente, à medida que filosofias mais radicais se articulavam no decurso da Revolução Francesa e através do século XIX, o liberalismo definiu-se também em contraste com o socialismo e o comunismo.Fernando Pessoa definiu assim o Liberalismo:
 
«A doutrina que mantém que o indivíduo tem o direito de pensar o que quiser, de exprimir o que pensa como quiser, e de pôr em prática o que pensa como quiser, desde que essa expressão ou essa prática não infrinja directamente a igual liberdade de qualquer outro indivíduo.»
 
Para saberes mais sobre o Liberalismo:
 

 

Cronologia do Liberalismo em Portugal
http://www.arqnet.pt/portal/portugal/liberalismo/index.html
Definições:
http://www.liberal-social.org/liberalismo
Textos e documentos:
http://www.causaliberal.net/
Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

Karl Marx

Karl Marx

 

 
Karl Marx era filho de um advogado judeu que se converteu ao luteranismo. Frequentou a Universidade de Direito de Bona mas acabou por se transferir para a Universidade de Berlim, a fim de cursar Filosofia. Integrou, nesta cidade, o grupo dos Doktorklub, constiuído por jovens hegelianos de esquerda, empenhando-se em tecer críticas em relação às ideias de Estado e de Religião. Em 1841, com uma dissertação sobre Epicuro, licenciou-se, na Universidade de Iena, em Filosofia. As suas ideias radicais impediram-no de seguir a carreira de professor universitário, tendo aceite, em 1842, a direcção do jornal liberal Rheinische Zeitung. Nesta época, Karl Marx evolui de uma concepção humanístico-liberal para o socialismo comunista, sofrendo, então, a influência de Feuerbach. Em 1843, foi viver para Paris, acompanhado da sua mulher Jenny von Westphalen. Nesta cidade, conjuntamente com Ruge, publicou Os Anais Franco-Alemães ( Deutsch-französische Jahrbücher), uma síntese do radicalismo filosófico alemão e da experiência democrática francesa.
Para mais informação:
http://www.leme.pt/biografias/m/marx.html
http://www.pcp.pt/publica/edicoes/25501144/cap0.html
http://pwp.netcabo.pt/netmendo/SHIP%203%20karl_marx.htm
Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

Desafio

 

 

 

Olá! Cá está mais um desafio...
Como vais estudar mais tarde, em Portugal existiu uma guerra cívil entre dois irmãos. D. Miguel e D. Pedro IV. Ora, D. Pedro IV era liberal e usava como simbolo a bandeira que está aqui nesta imagem e que mais tarde vem a ser usada como simbolo do regime monárquico em Portugal.

 
  • Perguntas: Em que ano foi criada esta bandeira? E até quando foi utilizada em Portugal como simbolo nacional?

Resposta: A bandeira apresentada foi símbolo do Liberalismo e do apoio a D. Pedro IV e fui utilizada de 1830 a 1910 (data da implantação da República em Portugal).

Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:33
link do post | comentar | favorito
|

Revolução Americana

1775: A Revolução Americana

 

 
A Independência dos Estados Unidos é considerada a primeira revolução americana. Esta foi um marco na crise do Antigo Regime porque rompeu a unidade do sistema colonial.
O processo da Independência tem importante antecedente em Setembro de 1774, quando as Leis Intoleráveis determinaram a convocação do Primeiro Congresso Continental de Filadélfia, de carácter não-separatista: Foi enviada uma petição ao rei e ao Parlamento pedindo a revogação daquelas leis, em nome da igualdade de direitos dos colonos. Em 1775, um conflito em Lexington provocou a morte de alguns colonos e eles passaram a organizar-se militarmente.
O rei declarou os americanos em rebeldia e os colonos passaram à revolta aberta. Um panfleto de Tom Paine, Bom Senso, exortava à luta por liberdade. Em 1776, a Virgínia tomou a iniciativa e declarou-se independente, com uma explícita Declaração dos Direitos do Homem. O Segundo Congresso de Filadélfia, reunido desde 1775, já manifestava carácter separatista. George Washington, da Virgínia, foi nomeado comandante das tropas americanas e encarregou uma comissão, liderada por Thomas Jefferson, de redigir a Declaração da Independência. Em 4 de Julho de 1776, reunidos na Filadélfia, delegados de todos os territórios promulgaram o documento, com mudanças introduzidas por Benjamin Franklin e Samuel Adams.
A Guerra da Independência começa em Março de 1775: os americanos tomam Boston. Tinham força de vontade, mas interesses divergentes e falta de organização. Das colónias do Sul, só a Virgínia agia com decisão. Os canadenses permaneceram fiéis à Inglaterra. Os voluntários do exército, alistados por um ano, volta e meia abandonavam a luta para cuidar de seus afazeres. Os oficiais, geralmente estrangeiros, não estavam envolvidos no conflito. Vencidos em Nova York e Filadélfia (1777), os colonos ganharam novo ânimo ao ganhar a batalha de Saratoga.
A intervenção francesa foi decisiva. Os franceses estavam afinados com os ideais de liberdade do movimento, estimulados pela propaganda feita por Franklin e motivados pela intenção de golpear a Inglaterra, que lhes havia imposto pesadas perdas em 1763. Assinaram um tratado, transferindo dinheiro aos americanos e procurando a aliança dos espanhóis contra os ingleses. Com a ajuda marítima francesa, a guerra ampliou-se para o Caribe e as Índias. Em 1779, La Fayette conseguiu a liberação de 7 500 franceses comandados pelo general Rochambeau. Em 1781, sitiado em Yorktown, o exército inglês capitulou.
O Tratado de Versalhes, em 1783, reconheceu a independência dos Estados Unidos da América, com fronteiras nos Grandes Lagos e no Mississipi. A França recuperou Santa Lúcia e Tobago nas Antilhas e seus estabelecimentos no Senegal. A Espanha recebeu a ilha de Minorca e a região da Flórida.
Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:30
link do post | comentar | favorito
|

Revolução Industrial

O Comboio a Vapor e a Revolução Industrial

 

 
Com a introdução da maquinofactura, uma "revolução nos transportes" teve lugar e acompanhou a chamada "revolução industrial".
 
No transporte ferroviário, um comboio consiste em um ou vários veículos (carruagens ou vagões), ligados entre si e capazes de se movimentarem sobre uma linha ou carril, para transportarem pessoas ou carga de um lado para outro, segundo uma rota previamente planeada. A linha ou trilho, normalmente é constituída pelos convencionais carris duplos, por monocarril, ou ainda por levitação magnética (maglev). O comboio pode ser puxado por uma locomotiva ou por uma unidade (carruagem) auto alimentada também chamadas de unidades múltiplas.
O comboio, puxado pela máquina a vapor teve uma importância enorme nos últimos duzentos anos da história da humanidade. Ele foi sem dúvida o elemento mais importante da Revolução Industrial, permitindo a deslocação das matérias-primas para as fábricas rápida e eficazmente e levando os produtos acabados a pessoas, a regiões distantes e aos países onde eram mais necessários
Foram os comboios que ligaram populações, regiões, países e continentes que até aí estavam completamente isolados ou onde poderia demorar semanas ou meses para fazer uma simples comunicação entre si; na agricultura, produtos que corriam o risco de ficar nas regiões onde eram produzidos, puderam começar a ser despachados para grandes distâncias, havendo muito menor risco da sua degradação e encorajando assim, o aumento das produções.

 

A 2.ª Revolução Industrial

 

 
A energia eléctrica está para a segunda revolução industrial assim como a máquina a vapor esteve para a primeira e com a luz eléctrica as taxas de lucro foram elevadas, permitindo o acelerado crescimento industrial. Motores e máquinas menores e toda a parafernal electrónica subsequente permitiram o desenvolvimento de um grande número de utilidades domésticas, que seriam os bens de consumo duráveis que, juntamente com o automóvel, constituem os maiores símbolos da sociedade moderna.

No contexto de se aumentar a produtividade do trabalho, surge o método de administração científica de Frederick W. Taylor, que se tornaria mundialmente conhecido como taylorismo: para Taylor o grande problema das técnicas administrativas existentes consistia no desconhecimento, pela gerência, bem como pelos trabalhadores, dos métodos óptimos de trabalho. A busca dos métodos óptimos, seria efectivada pela gerência, através de experimentações sistemáticas de tempos e movimentos. Uma vez descobertos, os métodos seriam ensinados aos trabalhadores que transformavam-se em executores de tarefas predefinidas.

  Desafio

Qual foi a primeira de linha de comboio a ser inaugurada em Portugal? Em que data?Em 28 de Outubro de 1856 era inaugurada a primeira linha ferroviária em Portugal, quando partiu da Estação de Santa Apolónia o comboio baptizado D. Pedro V, que ligou pela primeira vez Lisboa ao Carregado. E já agora... qual era a marca do primeiro comboio/locomotiva a circular e que país o produziu? O nascimento dos caminhos-de-ferro está associado ao inglês George Stephenson, mecânico nas minas de Killingworth, que construiu a primeira locomotiva em 1814. A locomotiva a que chamou Blucher, tinha como objectivo o transporte de materiais da mina, puxava uma carga de 30 toneladas a 6 km/h.

 

Filme - Tempos Modernos - Revolução Industrial

 

 
Um operário de uma linha de montagem, que testou uma "máquina revolucionária" para evitar a hora do almoço, é levado à loucura pela "monotonia frenética" do seu trabalho. Após um longo período em um sanatório fica curado de sua crise nervosa, mas desempregado. Deixa o hospital para começar sua nova vida, mas encontra uma crise generalizada e por engano é preso como um agitador comunista, que liderava uma marcha de operários em protesto. Simultaneamente uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas, que ainda são muito novas. Elas não tem mãe e o pai está desempregado, mas o pior ainda está por vir, pois o pai é morto num conflito. O Estado vai cuidar das órfãs, mas enquanto as menores são levadas mas a jovem consegue escapar.
 
Para mais informação: http://adorocinema.cidadeinternet.com.br/filmes/tempos-modernos/tempos-modernos.htm
Assuntos do blog:
publicado por ana às 12:29
link do post | comentar | favorito
|
Este Blog dedica-se à postagem de fotos,artigos e videos que circulam livremente na internet. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. Ana Márcia

.mais sobre mim

.Assuntos do blog

. 16th and 17th

. 2.ª invasão francesa

. 25 de abril

. a acção de d.joão ii

. a carreira da índia

. a crise dinástica e a união ibérica

. a crise do império português do oriente

. a escola de atenas

. a formação da mentalidade moderna

. a peste negra

. a pintura renascentista

. a prioridade inglesa na revolução indust

. a prioridade portuguesa: os conhecimento

. a revolta das colónias americanas

. actividades

. alterações na produção

. antropocentrismo

. arquitectura

. arquitectura do renascimento

. as grandes culturas americanas

. carreira da índia

. como estudar história?

. constituição de 1822

. crise do séc.xiv

. cristóvão colombo

. d. joão vi e a corte no brasil

. da crise comercial às primeiras medidas

. denúncias na inquisição de lisboa

. desafio

. descobrimentos portugueses

. do geocentrismo ao heliocentrismo

. economia global xvii-xviii

. enigma

. estilo manuelino

. filme: novo mundo.

. história pelas imagens

. império português do oriente

. individualismo

. jogos

. karl marx

. lei das sesmarias

. mapas de história

. marquês de pombal

. napoleão bonaparte

. navegação astronómica

. o barroco e a talha dourada

. o capitalismo comercial

. o convento de mafra

. o desastre das ponte das barcas

. o fisiocratismo

. o homem novo

. o humanismo

. o iluminismo

. o liberalismo

. o regicídio

. o séc xiv em portugal

. pintura renascentista em portugal

. porque o mundo mudou...

. reconstrução de lisboa

. reforma e contra-reforma

. reforma protestante

. renascimento

. revolução agricola e industrial

. revolução americana

. revolução demográfica- século xviii

. revolução francesa

. revolução industrial

. s.jorge da mina

. sites

. teatro

. terramoto

. tratado de tordesilhas

. vítimas da inquisição

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.posts recentes

. ...

. A Peste Negra

.últ. comentários

fisiogratismo
pois so tenho que agradecer a google portanto espe...

.mais comentados

20 comentários
3 comentários
1 comentário

  

ESCREVE-ME

POR MAIL...

 

OU ENTÃO

Deixa recadinho...

clica na caixa em cima

        Mais  Disciplinas que fiz

   

 

 

 

 


 

Free Blog Content


 

Conceitos

Caravela - embarcação de dois ou três mastros, com velas triangulares (velas latinas) que permitiam navegar com ventos contrários (bolinar).
 
 
 
 
Cartografia - Ciência que se dedica à representação gráfica e convencional da Terra ou parte dela.
 
 
 
 
Geocentrismo
Teoria explicativa do Universo que defende que a Terra está fixa e é o centro do Universo.

 
 
 
Mare Clausum- Expressão latina que significa "mar fechado", ou seja, a restrição da navegação a alguns Estados.
 

1º Vice-Rei da Índia

1º Vice-Rei da Índia
D. Francisco de Almeida

 

Bartolomeu Dias

Bartolomeu Dias nasceu cerca do ano de 1450 e foi um célebre navegador português. Em 1486, D. João II confiou-lhe o comando de duas caravelas e de uma naveta de mantimentos com o intuito público de saber notícias do Preste João. O propósito não declarado da expedição seria investigar a verdadeira extensão para Sul das costas do continente africano, de forma a avaliar a possibilidade de um caminho marítimo para a Índia. Descobriu o Cabo das Tormentas, actual Cabo da Boa Esperança e regressou a Lisboa em Dezembro de 1488.
Bartolomeu Dias foi o primeiro navegador a navegar longe da costa no Atlântico Sul. A sua viagem, continuada por Vasco da Gama, abriu o caminho marítimo para a Índia.
 Ptolomeu
Ptolomeu foi um cientista grego que nasceu no século II d. C. e viveu em Alexandria na província romana do Egipto. Era astrónomo, geógrafo e cartógrafo. Lançou as bases da geografia matemática e da cartografia no tratado Guia de Geografia, obra que só em 1405 chegou ao conhecimento dos europeus.

 
 
 

Gil Eanes

Gil Eanes foi um navegador português, natural de Lagos, escudeiro do Infante D. Henrique. Foi o primeiro a navegar para além do Cabo Bojador, em 1434, depois de muitas tentativas. O Infante D. Henrique conseguiu incentiva-lo a tentar essa proeza.
Dobrar o cabo, reforçou o papel de Portugal como nação marítima.
De acordo com Gil Eanes, o Infante armou-o cavaleiro.
 

 


Selos alusivos aos Descobrimentos representando a barca,

o barinel, a caravela e a nau

 

Barquilha

Barquilha - É dos mais antigos aparelhos que se conhece destinados a medir a velocidade de um barco. A sua invenção é atribuída ao português Bartolomeu Crescêncio, fins do século XV princípios do século XVI.
 
 
 
Embarcações - Séculos XV e XVI
Embarcações - Séculos XV e XVI
Caravelas

História Divertida

 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

e-mapps -

Mapa Interactivo da Europa

aceder aos vários países da Europa
e a um conjunto variado de jogos
sobre os países da Europa.
 
 

Actividades de História

Conheces a História de Portugal? responde às questões
 
 

 

Galeria de imagens

para trabalhos de História

 
 

 

 

SIITES  ESTUDO DA HISTÓRIA 

 

 

 

 

 

 DESEMBARQUE ALIADO

NA NORMANDIA

     

  Consulta...

vais gostar...

      

 

Civil War - Guns N' Roses

Guns 'n' roses - Sweet child o' mine

 

 

Editorial nº13

 

 

Castelos do Mundo

 

 links úteis...

Hospitais Públicos
Centros de saúde
Escolas Públicas
Associações
Farmácias Serviço
Bibliotecas
Museus
Parques e Jardins
Parques Zoológicos
Legislação
Segurança Infantil
Emergências
Crianças
    Desaparecidas

 

 

 


 Nascimento do Blog

Nascimento do Blog 
23 de Outubro de 2006

 

 

blogs SAPO

.subscrever feeds