Terça-feira, 28 de Abril de 2009

Como estudar história?

 

 

 

 

História 8º Ano

 

 Clique aqui para ver:welcome 43 no tamanho original

 

 

Como estudar história?

 

Para quem acha que não sabe estudar para uma disciplina tão gira como a História (e ter boa nota), é só clicar aqui. É muito interessante...

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:36
link do post | comentar | favorito

História pelas imagens

História pelas imagens: 143 fotos que cobrem momentos históricos dos séculos XIX e XX. Um recurso para ensinar história

 
O website Flickr  tem uma acervo de fotografias com muitas potencialidades didácticas para o ensino da história dos séculos XIX e XX. Na secção História pelas Imagens , o Flick tem 146 fotos de grande qualidade.
Há belíssimas fotos da segunda guerra mundial e de outros importantes eventos históricos.
Vale a pena pesquisar no Flickr porque é, sem dúvida, o melhor recurso digital para pesquisar fotografias. Basta criar uma conta com o username, endereço electrónico e password. É gratuito.
Convide os seus alunos a abrirem uma conta no Flickr. Sempre que tenham de realizar projectos para a disciplina de História, têm no Flickr um excelente recurso didáctico.
O website Flickr pertence ao universo da Yahoo. Todos os dias, há novas fotos disponíveis e o acervo não pára de aumentar.
Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:35
link do post | comentar | favorito

Mapas de História

 

 

 

 Mapas de História 8ºAno aqui

 minhoca

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:34
link do post | comentar | favorito

crise do séc.XIV

 

 

 

 

 

Esquema-resumo da crise do séc.XIV e da situação em Portugal

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Actividades

Actividades: 

 

Descobrimentos » Instrumentos de navegação astronómica » D. João  IV  » D. Filipe I »
D. Afonso Henriques  » D. Dinis » D. João I  » D. Fernando   » 
D João II  » D. Manuel I » D. Sebastião » Reis 1ª dinastia »
Reis 2ª dinastia » Reis 3ª dinastia » Reis  4ª dinastia »  D. Pedro I »

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:32
link do post | comentar | favorito

16TH AND 17TH

PORTUGAL AND THE WORLD IN THE 16TH AND 17TH

 

 Esteve patente ao público até dia 16 de Setembro de 2007, na Galeria Arthur M. Sackler, no Smithsonian Institution, Washington, D.C., U.S.A., a exposição «Encompassing the Globe» sobre a presença portuguesa no Mundo nos séculos XVI e XVII.

.
A exposição, composta por mais de 300 peças do período dos Descobrimentos Portugueses, conta a História de como Portugal contribuiu para a construção do mundo moderno, numa primeira fase da globalização. Pinturas, peças em marfim, mapas que revelam os conhecimentos geográficos do Mundo de então, manuscritos, símbolos da fé cristã e representações de animais que nunca até então tinham sido vistos integram os vários núcleos desta exposição: Portugal, África, Oceano Índico, Brasil, China e Japão.

.

A exposição pode ainda ser visitada na página do Smithsonian Institution, em http://www.asia.si.edu/EncompassingtheGlobe/default.htm, onde se pode viajar pelo mundo no Google Earth e obter informações sobre os percursos e descobertas dos Portugueses assim como visualizar mapas e obras de arte da época.“

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:31
link do post | comentar | favorito

INDIVIDUALISMO

INDIVIDUALISMO
 
 
 
 
A ideia de que cada um é responsável pela condução de sua vida, a possibilidade de fazer opções e de se manifestar sobre diversos assuntos, devendo assentar as suas opiniões em estudos rigorosos, acentuaram o individualismo. É importante percebermos que essa característica do homem do Renascimento não implica o isolamento do homem, que continua a viver em sociedade, em relação directa com outros homens, mas na possibilidade que cada um tem de tomar as suas decisões, de se conhecer a si próprio e às suas capacidades.
 
 
 
Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:27
link do post | comentar | favorito

O HUMANISMO

 
 
 
O HUMANISMO



Os humanistas, eram, estudiosos da cultura clássica antiga (grega e romana). Alguns estavam ligados à Igreja, outros eram artistas ou historiadores, independentes ou protegidos por mecenas. Acabaram por situar o Homem como senhor de seu próprio destino, dotado de "livre arbítrio" (capacidade de decisão sobre a própria vida) e elegeram-no como a razão de todo conhecimento, estabelecendo, para ele, um papel de destaque no processo universal e histórico.
 
Passa a interessar-se mais pelo saber, adquire novas ideias e outras culturas como a grega e a latina mas, sobretudo, percebe-se capaz , importante e criador . Afasta-se do teocentrismo, assumindo, lentamente, um comportamento baseado no antropocentrismo. De uma postura religiosa e mística, o homem passa para uma posição racionalista, crítica e individualista que lenta e gradualmente, vai modificando a estrutura e o espírito medievais.
O Humanismo funcionará como um factor de transformação da mentalidade e da civilização europeia.
 
 

  Ghirlandaio, Os Filósofos

Os humanistas, eram, em termos gerais, estudiosos da cultura clássica antiga. Alguns estavam ligados à Igreja, outros eram artistas ou historiadores, independentes ou protegidos por mecenas. Acabaram por situar o homem como senhor de seu próprio destino, dotado de "livre arbítrio" (capacidade de decisão sobre a própria vida) e elegeram-no como a razão de todo conhecimento, estabelecendo, para ele, um papel de destaque no processo universal e histórico. Passa a interessar-se mais pelo saber , convivendo com a palavra escrita. Adquire novas ideias e outras culturas como a grega e a latina mas, sobretudo , percebe-se capaz , importante e criador . Afasta-se do teocentrismo, assumindo , lentamente , um comportamento baseado no antropocentrismo . De uma postura religiosa e mística, o homem passa para uma posição racionalista, crítica e individualista que lenta e gradualmente, vai minando a estrutura e o espírito medievais .

O Humanismo funcionará como um período de transição entre duas atitudes .

UM HUMANISTA CRITICA A SOCIEDADE DO SEU TEMPO

 
Archimboldo

Se alguém julgar que falo com mais atrevimento do que verdade, venha inspeccionar comigo as vidas humanas [...]. Este mete no ventre tudo quanto ganha e, poucos dias depois, passa fome. Aquele não vê a felicidade senão no sono e no ócio. […] Os negociantes mentem, roubam, defraudam, enganam e consideram-se pessoas muito im­portantes porque andam com os dedos cheios de anéis de ouro. [...] Se alguém pudesse observar os mortais a partir da Lua, julgaria ver milhares de moscas e de mos­quitos envolvidos em rixas, guerras, maquinações, rapi­nas, enganos [...].
Os reis e os príncipes não escutam senão os que lhes di­zem coisas agradáveis […] Julgam executar inteiramen­te as funções régias se vão com frequência à caça […] e se inventam diariamente novas maneiras de diminuir a riqueza dos cidadãos e de aumentar a sua, por meio do fisco [...].
E que direi dos cortesãos? Nada há mais rasteiro, mais servil, mais hipócrita, mais abjecto que esses homens que se consideram os primeiros de todos [...]. Dormem até ao meio-dia; mal saídos do leito, ouvem missa, que para eles reza um padre mercenário. Mal acabado o almoço, logo os chamam para o jantar. Depois, são os dados, o xadrez, os torneios, os adivinhos, os bobos, as amantes, os divertimentos, as chalaças [...]. E, deste modo, sem receio do tédio da vida, passam as horas, os dias, os me­ses, os anos, os séculos.
 


Erasmo de Roterdão, Elogio da Loucura (1511)

 

Assuntos do blog:
publicado por ana às 17:26
link do post | comentar | favorito
Este Blog dedica-se à postagem de fotos,artigos e videos que circulam livremente na internet. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. Ana Márcia

.mais sobre mim

.Assuntos do blog

. 16th and 17th

. 2.ª invasão francesa

. 25 de abril

. a acção de d.joão ii

. a carreira da índia

. a crise dinástica e a união ibérica

. a crise do império português do oriente

. a escola de atenas

. a formação da mentalidade moderna

. a peste negra

. a pintura renascentista

. a prioridade inglesa na revolução indust

. a prioridade portuguesa: os conhecimento

. a revolta das colónias americanas

. actividades

. alterações na produção

. antropocentrismo

. arquitectura

. arquitectura do renascimento

. as grandes culturas americanas

. carreira da índia

. como estudar história?

. constituição de 1822

. crise do séc.xiv

. cristóvão colombo

. d. joão vi e a corte no brasil

. da crise comercial às primeiras medidas

. denúncias na inquisição de lisboa

. desafio

. descobrimentos portugueses

. do geocentrismo ao heliocentrismo

. economia global xvii-xviii

. enigma

. estilo manuelino

. filme: novo mundo.

. história pelas imagens

. império português do oriente

. individualismo

. jogos

. karl marx

. lei das sesmarias

. mapas de história

. marquês de pombal

. napoleão bonaparte

. navegação astronómica

. o barroco e a talha dourada

. o capitalismo comercial

. o convento de mafra

. o desastre das ponte das barcas

. o fisiocratismo

. o homem novo

. o humanismo

. o iluminismo

. o liberalismo

. o regicídio

. o séc xiv em portugal

. pintura renascentista em portugal

. porque o mundo mudou...

. reconstrução de lisboa

. reforma e contra-reforma

. reforma protestante

. renascimento

. revolução agricola e industrial

. revolução americana

. revolução demográfica- século xviii

. revolução francesa

. revolução industrial

. s.jorge da mina

. sites

. teatro

. terramoto

. tratado de tordesilhas

. vítimas da inquisição

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.posts recentes

. ...

. A Peste Negra

.últ. comentários

fisiogratismo
pois so tenho que agradecer a google portanto espe...

.mais comentados

20 comentários
3 comentários
1 comentário
blogs SAPO

.subscrever feeds